Qual o objeto social de uma organização de eSports?

pessoa assinando contrato com uma caneta cinza
pessoa assinando contrato com uma caneta cinza

 

Pensar no objeto social é uma forma de planejar e organizar a sua organização de eSports.

Logo, se o contrato social é o coração da organização, o objeto social dá vida ao seu contrato.

Então, nele constará o propósito da sua empresa, que atividades serão realizadas. Ou seja, o que você pretende executar.

Portanto, este passo deve ser dado com calma e clareza, e deve ser preciso.

Pois, a tributação da sua organização será definida a partir das atividades escolhidas.

Então, um erro aqui, pode ser fatal! 

Por isso, é fundamental que seu objeto social seja claro e bem definido.

Então, confira neste post:

  • Quando e como definir o objeto social da organização de eSports?
  • Como escolher o objeto social da organização de eSports
  • Como alterar o objeto social? 
  • Conclusão

◊◊◊

 

Quando e como definir o objeto social da organização de eSports?

Você que está prestes a começar uma organização de eSports, sabe que um dos primeiros passos é formalizá-la. 

Para abrir, você deverá ter clareza de quanto você quer lucrar e, no objeto social do seu contrato, escolher a sua atividade.

Portanto, a escolha do objeto social deve ser vista com cautela.

Como uma organização de eSports, você tem que pensar:

  • Nos produtos que irá vender, 
  • Se terá game house ou game office; 
  • No serviço que prestará e etc.

Ademais, é importante pensar na possibilidade de crescimento das atividades, evitando a necessidade de alterar o contrato. 

O que seria um gasto a mais com serviços de contador e advogado.

Então, enxergue-o como um planejamento.

Inclua as prováveis atividades que a empresa poderá exercer ao longo do tempo.

A escolha acontece antes de escrever o contrato social.

Logo, será como um leme para um barco, definirá o caminho que terá de seguir.

Portanto, vamos aprender a delimitar bem.

 

◊◊◊

 

Como escolher o objeto social da organização de eSports

Antecipando, o objeto social de uma organização de eSports será a prática de jogos eletrônicos.

Conforme já definido, agora é necessário a escolha das outras atividades da empresa.

Logo, é necessário pesquisar os CNAEs – Classificação Nacional de Atividades Econômicas

Definido o CNAE, saberá quanto pagará de imposto, de acordo com a atividade exercida. 

Como falamos acima, a principal atividade de uma organização de eSports será a “Exploração de jogos eletrônicos recreativos”.

Entretanto, aqui também é necessário escolher as atividades secundárias, como:

  • Gestão de ativos intangíveis não-financeiros
  • Agências de publicidade
  • Agenciamento de espaços para publicidade, exceto em veículos de comunicação
  • Serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas
  • Produção e promoção de eventos esportivos

 

◊◊◊

Como alterar o objeto social? 

Antes de mais nada, isto significa mudar a atividade da empresa. 

Colocamos aqui apenas para conhecimento básico, porém, pouco acontece na vida real.

Inicialmente, é necessário mudar o ramo de atividade no contrato social da empresa.

Após esta mudança, é obrigatório comunicar à Junta Comercial para que ela proceda a averbação da alteração no contrato social.

 

◊◊◊

 

Conclusão

Agora você está por dentro de tudo sobre o objeto social para organizações de eSports.

Por fim, no processo de elaboração é importante que você não cometa erros.

Ademais, com este texto, você está à frente de muitas pessoas, inclusive advogados.

Por fim, seguindo o passo a passo deste post não tem outra, dará tudo certo! 

Gostou do post? 

Se sim, compartilhe esse conteúdo para as pessoas que você conhece e que pretendem abrir uma empresa de eSports – tenho certeza que será muito útil.

Se ainda tem alguma dúvida ou precisa de um apoio especializado, entre em contato conosco que teremos o prazer de ajudá-lo!

 

jogador de eSports de fundo, com uma imagem falando "quero consultar um advogado"

Deixe um comentário