Lesão de Ligamento Cruzado Anterior da direito ao benefício de Auxílio-Doença?

Lesão de Ligamento Cruzado Anterior da direito ao benefício de Auxílio-Doença?

Vamos esclarecer neste texto se a lesão de Lesão de Ligamento Cruzado Anterior da direito aos jogadores de futebol ao benefício de Auxílio-Doença.

 

“Jogador de futebol rompe o ligamento cruzado do joelho”.

Acredito que vocês já ouviram essa frase!

O futebol é um esporte amado por todo o mundo, não é verdade?

Entretanto, para os jogadores de futebol, ele é mais do que um simples jogo, é a sua profissão, seu sustento.

Ocorre que, de tempos em tempos, os jogadores têm que lidar com circunstâncias que não o ajudam, e o mais recorrente são as lesões.

Logo, estas lesões podem ser variadas, no tornozelo, canela, ossos, cabeça.

Porém uma delas é a mais recorrente, é a Lesão no joelho!

Mas, existem vários tipos de lesões no joelho, entretanto, hoje, destacamos uma das mais recorrentes, a Lesão do Ligamento Cruzado Anterior (LCA).

 

Anatomicamente, como se ocorre essa lesão?

Inicialmente, esta lesão de Ligamento Cruzado Anterior ocorre quando é feito um movimento rotacional com a perna do atleta presa.

Diante disso, forças contrárias agem para que o joelho faça um movimento que ele não está habituado a fazer.

Desta maneria, rompe o LCA!

Logo, uma vez rompido esse ligamento, os atletas levam seis meses para voltar a jogar.

 

Auxílio-Doença Previdenciário e Auxílio-Doença Acidentário

 

Qual o impacto desta lesão e o retorno às atividades do jogador de futebol?

Primeiramente, quando ocorre esta lesão, o atleta tem que passar por um procedimento cirúrgico que o retira dos campos por cerca de 4 meses ou mais.

Porém, esta cirurgia de reconstrução requer muitos cuidados!

Logo, feita de maneira perfeita, permite que o atleta volte a atividade sem qualquer limitação.

Entretanto, caso contrario, pode ocasionar o termino precoce da carreira.

Entretanto, muitos discutem o seu período de recuperação, que normalmente varia de 4 a 6 meses, entre a cirurgia e o retorno à pratica esportiva.

Diante disto, o impacto causado na vida de um atleta de futebol, caso a cirurgia não seja bem sucedida, é o término antecipado da sua carreira esportiva.

 

Afinal, Lesão de Ligamento Cruzado Anterior dá direito ao Benefício de Auxílio-Doença para os Jogadores de Futebol?

Primeiramente, para o jogador ter direito ao benefício de Auxílio-Doença ele precisa preencher alguns requisitos solicitados pelo INSS.

Para saber quais são esses requisitos, veja aqui o artigo que falei a respeito do benefício de Auxílio-Doença aqui.

Entretanto, não são todas as lesões de joelho que dão causa ao recebimento do benefício.

Isto porque o perito médico do INSS precisa estar convencido no momento da perícia de que a lesão impossibilita o atleta ao retorno a prática esportiva.

Nesta situação, irá ser avaliado caso por caso, já que o INSS tem sido bem criterioso para conceder o benefício aos trabalhadores.

Dito isto, no dia da sua consulta, é fundamental que você leve os atestados do seu médico que lhe atende, e todos os outros exames.

Quanto mais restar comprovado que há incapacidade para a pratica esportiva, de forma temporária, maiores serão as chances de recebimento do benefício.

Porém, caso o INSS indefira seu benefício, não fique preocupado, há uma saída!

Logo, existe a possibilidade de entrar com ação judicial!

Diante disto, você terá a oportunidade de o seu pedido ser analisado mais criteriosamente pelo juiz.

Por experiência na advocacia, temos visto que as chances de recebimento do benefício na esfera judiciária é maior do que na via administrativa.

Contudo, é necessário entrar primeiramente com o pedido na via administrativa, qual seja – o INSS.

Ademais, para requerimento do benefício, a lei previdenciária prevê que é necessário preencher três requisitos, que veremos adiante.

 

E se a lesão for rompimento total do Ligamento Cruzado Anterior, tenho direito a Aposentadoria por Invalidez?

Primeiramente, os casos de aposentadoria por invalidez acontecem quando não existe mais a possibilidade de retorno ao trabalho.

Logo, se a lesão de Ligamento Cruzado Anterior, impossibilite o jogador de retornar aos gramados, ele terá direito sim a uma Aposentadoria por Invalidez.

Se quiser saber mais sobre Aposentadoria por Invalidez para Jogadores de Futebol, clique aqui.

Diante disto, a remuneração, neste caso, é 100% do salário anteriormente recebido.

Porém, preste atenção!

A cada dois anos, o benefício de Aposentadoria por Invalidez será revisto.

Portanto, é importante saber que, mesmo após receber a aposentadoria, ela não é definitiva.

Por fim, em todas as novas consultas com o INSS, leve novos comprovantes da incapacidade que justifiquem a continuidade do benefício.

 

Este post tem 4 comentários

Deixe um comentário